Tomeje

Detalhes do autor

Nome: Nelson Souza
Data de registro: julho 20, 2011

Biografia

Axé à todos. Sou o Tomeje. Iniciado em 27 de outubro de 1987 para o Orixa Ogun. Desde que conheci a religião dos Orixás eu sempre me preocupei em apreender qual a função da religião e da religiosidade na vida das pessoas. Eu quero entender como isso funciona. Como a religião e a religiosidade formam a fé de alguém. São muito anos de perguntas, muitos questionamentos pessoais e poucas respostas e creio que seguirei assim, aprendendo sempre. Agora, graças a essa nova tecnologia, tenho uma oportunidade de interagir e trocar experiencias e vivencias dentro da religião e assim aprender uns com os outros. Eu mais que vcs, com certeza, aprendo a cada pergunta. Eu tento compreender a nossa religião pensando sempre numa comunidade que se ajuda mutuamente. E não é diferente neste meio de comunicação, que assim como os livros, discos, cadernos, fitas, dvd's e outras ferramentas de divulgação de conhecimentos, este blog é somente mais uma forma de comunicação. Porém este nova possibilidade não deve ser pressuposto para descuidarmos do aprendizado com nossos mais velhos nas roças, no seu dia a dia. Ainda que por vezes seja difícil, eu aprendi que é na roça que se vive a realidade da religião. Meu trabalho aqui é muito mais do que só falar e responder questionamentos a cerca da religiosidade. Meu objetivo é promover a discussão de assuntos que nos afetam direta ou inderetamente, é lembra-los que somos parte do TODO, que somos uma só comunidade e que o indivíduo, apesar de dos seus anseios pessoais, está inserido numa família de axé e, neste contexto, quanto mais se pensa coletivamente, mais o individuo se fortalece. Candomblé só se faz no coletivo. Sejam todos muito bem vindo a este projeto e que nossos queridos Orixas nos encaminhem sempre no melhor destino. Axé, Tomeje.

Últimos posts

  1. Seminário Yoruba: Idioma de resistência. 29/05/17 no IPHAN RJ — maio 25, 2017
  2. Lançamento do livro do Yoruba, vocabulário temático do candomblé. Márcio de Jagun, Salvador, Ba, 02/06 no MAFRO — maio 25, 2017
  3. A METAMORFOSE DE OGUN — maio 25, 2017
  4. Candomblé e sua ritualística. — maio 24, 2017
  5. Uso religioso: prefeituras desrespeitam Constituição — maio 24, 2017

Posts mais comentados

  1. Sou Filho de Orixa. Parte 2 — 353 comentários
  2. Abiku e Abiaxé: Final — 311 comentários
  3. Qualidades do Orixa Exú — 253 comentários
  4. Qualidades do Orixa Oxossi — 140 comentários
  5. Qualidades do Orixá Omolú — 125 comentários

Listas de posts do autor

maio 25 2017

Seminário Yoruba: Idioma de resistência. 29/05/17 no IPHAN RJ

maio 25 2017

Lançamento do livro do Yoruba, vocabulário temático do candomblé. Márcio de Jagun, Salvador, Ba, 02/06 no MAFRO

maio 25 2017

A METAMORFOSE DE OGUN

A METAMORFOSE DE OGUN Colaboração do nosso irmão Evandro Fernandes. Ogun e Oshósi YEMANJÁ OKUTÉ vivia na terra Sutiro Inlé com OGUNDALÉ (ALAGUEDE) e seus três filhos: EXÚ, AKOKÓ e IGBO. IGBO tinha um cabelo comprido e encaracolado como a lã de um carneiro. EXÚ era mágico e AKOKÓ trabalhava no campo. IGBO era caçador. …

Continue lendo »

maio 24 2017

Candomblé e sua ritualística.

maio 24 2017

Uso religioso: prefeituras desrespeitam Constituição

Irmãos, peço que vcs vejam este vídeo. Precisamos de mais vozes em defesa das nossas religiões de matriz africana. Uso religioso: prefeituras desrespeitam Constituição https://www.youtube.com/watch?v=e2h1G4Ay0Mk

maio 21 2017

KÓRI, A DIVINDADE DA JUVENTUDE E DAS CRIANÇAS ÓRFÃS

KÓRI, A DIVINDADE DA JUVENTUDE E DAS CRIANÇAS ÓRFÃS Kóri é uma divindade reverenciada em muitas cidades iorubás. Seu culto não sobreviveu no Candomblé, porém em Cuba é cultuada em algumas Casas como qualidade de Ọ̀ṣùn. Kóri é considerada como Òrìṣà da juventude, das crianças órfãs e adotadas. De acordo com o Corpo Literário de Ifá, Kóri era …

Continue lendo »

maio 15 2017

ÈÈWỌ̀, O INTERDITO E O PEIXE SEM ESCAMAS

ÈÈWỌ̀, O INTERDITO E O PEIXE SEM ESCAMAS   A palavra èèwọ̀, em yorùbá, significa tabu, interdito, coisa proibida. No entanto, no Candomblé, èèwọ̀ passou a ser compreendido unicamente como restrição alimentar. Todavia, seu o significado de origem africana é bem mais amplo. Èèwọ̀, deve ser entendido como regra de conduta que visa manter o …

Continue lendo »

maio 09 2017

ARQUÉTIPO dos Orixas

ARQUÉTIPO:   A palavra “arquétipo” é originária do idioma grego e era designada para indicar as principais marcas, modelos, impressões que algo poderia apresentar. Ao longo do tempo, este vocábulo foi aplicado na filosofia, para distinguir modelos de ideias; e também na psicologia, como uma forma de entender os padrões imateriais que os fenômenos psíquicos …

Continue lendo »

maio 08 2017

Lançamento do novo livro de Marcio de Jagun. Salvador, BA

maio 08 2017

Reunião em defesa dos povos de terreiro em Salvador, BA.

Posts mais antigos «