Nelson Souza (Tomeje)

Axé à todos. Sou o Tomeje. Iniciado em 27 de outubro de 1987 para o Orixa Ogun. Desde que conheci a religião dos Orixás eu sempre me preocupei em apreender qual a função da religião e da religiosidade na vida das pessoas. Eu quero entender como isso funciona. Como a religião e a religiosidade formam a fé de alguém. São muito anos de perguntas, muitos questionamentos pessoais e poucas respostas e creio que seguirei assim, aprendendo sempre. Agora, graças a essa nova tecnologia, tenho uma oportunidade de interagir e trocar experiencias e vivencias dentro da religião e assim aprender uns com os outros. Eu mais que vcs, com certeza, aprendo a cada pergunta. Eu tento compreender a nossa religião pensando sempre numa comunidade que se ajuda mutuamente. E não é diferente neste meio de comunicação, que assim como os livros, discos, cadernos, fitas, dvd's e outras ferramentas de divulgação de conhecimentos, este blog é somente mais uma forma de comunicação. Porém este nova possibilidade não deve ser pressuposto para descuidarmos do aprendizado com nossos mais velhos nas roças, no seu dia a dia. Ainda que por vezes seja difícil, eu aprendi que é na roça que se vive a realidade da religião. Meu trabalho aqui é muito mais do que só falar e responder questionamentos a cerca da religiosidade. Meu objetivo é promover a discussão de assuntos que nos afetam direta ou inderetamente, é lembra-los que somos parte do TODO, que somos uma só comunidade e que o indivíduo, apesar de dos seus anseios pessoais, está inserido numa família de axé e, neste contexto, quanto mais se pensa coletivamente, mais o individuo se fortalece. Candomblé só se faz no coletivo. Sejam todos muito bem vindo a este projeto e que nossos queridos Orixas nos encaminhem sempre no melhor destino. Axé, Tomeje.

Posts mais comentados

  1. Sou Filho de Orixa. Parte 2 — 393 comentários
  2. Abiku e Abiaxé: Final — 333 comentários
  3. Qualidades do Orixa Exú — 299 comentários
  4. Qualidades do Orixa Oxossi — 214 comentários
  5. Ebós. — 189 comentários

Publicações do autor

Lendas de Ogum

Meus irmãos de religião, nosso objetivo é trazer informações a cerca de diversos assuntos. Não podemos aqui falar de um único Axé. Não seria ético afirmar que se trata de material de um ou de outro Axé ou querer apontar um único caminho, presumivelmente correto. Podem haver diferenças entre o exposto aqui e aquilo que …

Continue lendo

Qualidades do Orixa Exú

Meus irmãos de religião, nosso objetivo é trazer informações a cerca de diversos assuntos. Não podemos aqui falar de um único Axé. Não seria ético afirmar que se trata de material de um ou de outro Axé ou querer apontar um único caminho, presumivelmente correto. Podem haver diferenças entre o exposto aqui e aquilo que …

Continue lendo

Longo caminho do aprendizado no Candomblé.

Longo caminho do aprendizado no Candomblé.   Há muito tempo me questiono sobre a forma como são educados os iniciados da nossa religião, já falei disso em outra oportunidade, mas agora, tenho dedicado mais tempo a desvendar os mecanismos do aprendizado e da apreensão das informações. Sem querer me passar por Antropólogo ou historiador, somente …

Continue lendo

Religião Africana, Politeísta ou Monoteísta?

RELIGIÃO AFRICANA, POLITEÍSTA OU MONOTEÍSTA? Artigo de Sango Biyi Na semana passada, fui interpelado por um “amigo” que me perguntava o por quê, sendo eu um homem branco, estava envolvido com um sistema politeísta africano, como se nosso culto aos Orisa fosse algo involuído, arcaico, enfim pagão! Respondi para ele que, primeiramente não enxergava questões …

Continue lendo

Estado Laico.

Imaginemos que a maioria da população de um país pertença à organização religiosa Testemunhas de Jeová. Vamos supor também que eles consigam que os preceitos religiosos específicos dessa organização se tornem obrigatórios a todos, em forma de lei, já que são maioria. Isso significaria, entre outras coisas, que a transfusão de sangue seria proibida por …

Continue lendo

Comidas dos Orixas

Comidas rituais são as comidas específicas de cada Orixá, que para serem preparadas são submetidas a um verdadeiro ritual. Esses alimentos depois de prontos são oferecidos aos Orixás acompanhados de rezas e cantigas, durante a festa ou no final, em grande parte são distribuídas para todos os presentes, são chamadas comida de axé pois acredita-se …

Continue lendo

Lendas de Exú

Meus irmãos de religião, nosso objetivo é trazer informações a cerca de diversos assuntos. Não podemos aqui falar de um único Axé. Não seria ético afirmar que se trata de material de um ou de outro Axé ou querer apontar um único caminho, presumivelmente correto. Podem haver diferenças entre o exposto aqui e aquilo que …

Continue lendo

A iniciação.

A INICIAÇÃO:  Não há nada mais difícil, desafiador e ao mesmo revelador do que o a iniciação no Candomblé.  O processo iniciático começa com uma lenta regressão. A pouco e pouco, vamos nos desligando da vida profana exterior ao Barracão e mergulhando no ambiente do Terreiro.  Nessa imersão, somos gradativamente limpos de todas as energias …

Continue lendo

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)