Categoria: Terreiros

Encontro no Tumba Junsara – Salvador, Bahia

Quem é de Candomblé tem que ter origem sim! Orgulhem-se de ter origem.

Fernando Lima “Não sei de onde saiu esta pérola, mas certamente é um dos enganos mais esdrúxulos que se pode ouvir. Essa conversa de que  “Cada Casa é uma Casa” e “Cada Axé é um Axé”, fere um dos princípios mais elementares do Candomblé que é a “descendência Ancestral”. Esse tipo de concepção é o que …

Continue lendo

2o ENCONTRO FRATERNO ENTRE KAMBONDOS, HUNTOS E ALAGBÊS

OS QUARTOS DE SANTO – ILÈ ÒRÌṢÀ: Texto Pai Marcio de Jagum

  OS QUARTOS DE SANTO – ILÈ ÒRÌṢÀ:   No culto às Divindades, existe a peculiaridade dos Orixás internos (Orixá inú) e os Orixás externos (Orixá odê), em relação ao local de adoração. Os Orixás internos, são aqueles cujos ajubós, ou os idi orixa (os assentamentos) ficam guardados em quartos – os chamados “quartos de …

Continue lendo

A CASA DE SANTO: Pai Marcio de Jagum

A CASA DE SANTO:  O espaço geográfico onde se situa o Templo de Candomblé (ilè àse), como tudo nessa Religião, é ímpar.   Curiosamente, apesar da diversidade de cultos oriundos de diferentes regiões africanas; apesar das peculiaridades rituais e culturais; apesar dos vários nomes pelos quais esse espaço é reconhecido (Ilê, Barracão, Roça, Casa de Santo, …

Continue lendo

Mães de Santo. Final

Mãe Menininha Poucos dias antes de morrer, em janeiro de 1938, Mãe Aninha conheceu uma garotinha desconfiada que, nenhuma das duas podia imaginar, anos mais tarde se tornaria a ialorixá do Afonjá: Stella Azevedo. Depois de Mãe Senhora, veio Mãe Ondina, que cuidou do axé do São Gonçalo até 1975, quando então assumiu Stella de …

Continue lendo

Mães de Santo. Parte 5

Mãe Stella. SUPERANDO A SI MESMO Ninguém entra para a religião dos orixás pensando em ser mãe-de-santo, pelo menos as pessoas sensatas, explica Mãe Stella: Porque aí não é algo espiritual, passa a ser uma coisa de superação. No candomblé, a gente não tem que superar o outro, tem que superar a si próprio. E …

Continue lendo

Mães de Santo. Parte 4

Mãe Aninha MATRIARCADO Em todas as famílias, quando os filhos crescem e já são fortes o bastante, é natural que saiam de casa e trilhem seu próprio caminho. No candomblé não é diferente. Foi o que aconteceu com Maria Júlia da Conceição Nazaré, quando ela sentiu que podia criar a sua própria casa religiosa, fundada …

Continue lendo

Mâes de Santo. Parte 3

Gantois Em meados do século XIX, a prosperidade do candomblé e da Irmandade de Bom Jesus dos Martírios foi interrompida por mudanças externas. Quando Francisco Gonçalves Martins assume como presidente da província, “de 1848 a 1852, um governador de extrema direita, antiafricano feroz”, segundo Silveira, inicia-se a urbanização da Barroquinha e o terreiro é expulso …

Continue lendo

Mães de Santo. Parte 2

  Sr Martiniano Eliseu do Bonfim   Pesquisa bibliográfica, entrevistas e elaboração dos textos:  Agnes Mariano Acordo diplomático Ketus, angolas, jejes, haussás, tapás, oyós, ijexás, baribas, aon efans, gruncis. Para quem chegava a Salvador no final do século XVIII e início do XIX, a impressão era uma só: uma cidade negra. Porque negros eram os …

Continue lendo

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)