Intolerância assunto de interesse público!p

Intolerância assunto de interesse público!

A religião é um dos princípios instrumentos na formação do mundo cultural e a sua magnitude em representar identidades culturais. Mostrar que a religiosidade se torna significativa de acordo com o indivíduo e suas realidades de cada pessoa podendo ou não estabelecer vínculos de fé que potencializam vivências humanas, satisfazendo necessidades existentes.

A intolerância pode ser revelada com a violência física ou simbólica. Podem ser analisadas por meios midiáticos mais empregados na disseminação da agressividade
Os conflitos religiosos prejudiciais têm ocorrido cotidianamente, ao longo de séculos, em diferentes locais do Brasil e do mundo.

Muitos acontecimentos provocaram discussões acirradas, pelas manifestações sociais, por lideranças religiosas e por diversos  grupos. Tudo repercute para a identificação dos acontecimentos que promove a intolerância, visando a superação, para a propagação do respeitar de cada credo

A única forma possível de intolerante aceitar a tolerância não seria pela insistência e nem pela opressão, mas pelo reconhecimento de seu direito de expressar-se e percebe-se, que o desenvolvimento da tolerância foi sendo gradativamente construído  através de ideias
desenvolvidos por pensadores como Voltarire, Bobbio, Stuart Mill, Marcia Benke , Ronilson Pacheco e  Marcio de Jagun entre outros , em cada respectiva época. Esses autores desenvolveram estudos que demostram a importância da tolerância para a humanidade, em um mundo marcado por intolerância de diversas formas, notoriamente, a religião.

Eliz França

10 comentários

Pular para o formulário de comentário

    • Denise em 18 de fevereiro de 2022 às 21:22
    • Responder

    Adorei a dica desses autores. Obrigada pela contribuição de falar de um tema tão importante.

    1. Denise, essa é função do blog. Precisamos conversar sobre o que nos aflige. Asè e felicidade. Tomeje.

    • Carmem Magalhães em 19 de fevereiro de 2022 às 13:05
    • Responder

    A leitura e frequentar outras religiões, iria ajudar numa pessoa que é intolerante?

    1. Carmem. A intolerância está justamente na impossibilidade ds pessoa aceitar qualquer outra verdade, qualquer outra cultura ou modo de compreender o mundo que não seja o seu. Existe um jogo pesado de lideranças religiosas, politicas e sociais com o objetivo muito bem definido de manipular as massas, e a base da manipulação é justamente a desinformação e a manutenção do povo na ignorância. É uma questão complexa que requer muita educação do povo. Asè e felicidade sempre. Tomeje.

    • Luiz Carlos em 19 de fevereiro de 2022 às 23:26
    • Responder

    A educação, a leitura, informação, o diálogo e o respeito já é um bom começo.

    1. Luiz Carlos hoje eu publiquei no grupo da minha Casa esse site http //dhui.cp2.g12.br onde a pessoa pode fazer uma pos graduação em História da África. Precisamos de mais religiosos com educação sólida sobre a nossa cultura. Ase.

    • Marcia Cristina em 20 de fevereiro de 2022 às 14:34
    • Responder

    A intolerância religiosa podemos dizer que também é racial? E quando existe intolerância religiosa da parte de outra religioões contra os evangélicos séria o que?

    1. Márcia Cristina, a intolerância tem que ser combatidas de todas as formas e em todos os segmentos e denominações religiosas. E sim, tem um componente racial muito importante.
      Não há diferença se a intolerância é com Judeu, Protestante, Ateu, Agnóstico, Maçom, Muçulmano, Católico ou qualquer outra denominação. Intolerância tem o mesmo nome. Asè. Tomeje.

    • Marta em 21 de fevereiro de 2022 às 22:04
    • Responder

    Intolerância religiosa é crime, quanto tempo uma pessoa pode ficar presa ou pode pagar fiança? Qual o número que devemos ligar para denunciar? Boa noite.

    1. Marta. Infelizmente o crime de intolerância é tido como crime de menor poder ofensivo, sendo assim, a pena é baixa e normalmente é convertido em penas alternativas como pagamento de cestas básicas ou trabalhos comunitários. Isso incentiva o crime.
      Temos no RJ a Decrad. E o disque 100 também recebe denúncias, além do número das policias.
      É importante denunciar sempre. Asè ô. Tomeis.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)