Religião é mais que isso!

Hoje estou afiado, querendo falar um pouco com vocês.

Tenho vivido um misto de felicidades e estranhezas ao longo desta caminhada sacerdotal, tenho visto pessoas de todo tipo. Assim como as pessoas também devem me ver de vários “tipos”, afinal eu não sou correto o tempo todo diante dos olhos dos outros. Te aos meus olhos, graças a Olodumare, tenho defeitos sim. Que bom! Estou no caminho ainda.

Mas aprendi aqui e ali que a vida religiosa é um eterno reaprender-se e refazer-se, é quase um mantra que temos que repetir todos os dias. “Hoje vou melhorar neste e naquele ponto em benefício de mim e dos outros”. Tenho visto que muitos querem o bônus da religião e passam longe do ônus, nem querem saber disso. Mas tudo seu momento e seu lugar, e o momento religioso é feito de entrega, submissão, ordem, hierarquia, choro, dor, alegrias, cuidados, tempestades e risos. Alguns querem a beleza das danças e o glamour do salão, os pedidos de “benção” e os “rapa-pés” a que só tem direito aqueles que fizeram  por onde ao longo desta caminhada.

Pessoas se mostram vazias, inconsequentes e procuram o caminho fácil é magia barata e só querem o resultado imediato. Trocam de sacerdotes, de Casa, de matriz e até de Asé se isso lhes render vantagens, dispensam as dores do crescimento. Querem a todo custo, pois podem pagar o preço financeiro, o milagre. Não lhes importa quem lhes ofereça o milagre, se Olodumare ou ouro Deus qualquer. O que estas pessoas pensam é que podem comprar um Deus pessoal que tudo faz e tudo pode em seu benefício.

Tenho visto pessoas que falam daquilo que não conhecem e que não poupam críticas a quem não caem aos seus pés rendendo homenagens de grandes merecedores. Se acham acima da própria religião, mesmo sem, de fato, não compreender ao menos o que é religião. Tenho visto pessoas pobres de espírito recorrendo a quem lhe der mais e mais rápido, como se religião fosse um poço de magias pronto a lhe atender os desejos.

Religião é muito mais que isso, meus caros. Religião é muito mais que isso! Pena que os desavisados não tenham o tempo que eu e milhares de outros tivemos para compreender que religião de Orixa é antes de tudo amor e respeito ao outro.

Asé e felicidades sempre. Orixa no guia.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)